Capa / Estilo / Bigode: O símbolo-mor do macho de verdade

Bigode: O símbolo-mor do macho de verdade

O bigode é muito que o simples acúmulo de pelos faciais entre o nariz e o lábio superior. Sabemos que este acessório é o símbolo-mor do verdadeiro macho. No conto O Bigode de Guy de Maupassant, de Emmanuel Carrère, uma personagem desabafa em carta a uma amiga o fato de alguns homens rasparem o bigode:

“Realmente, um homem sem bigode não é mais um homem…”

Infelizmente, vivemos em uma época negra. Nos anos 70, o bigode era bem aceito e usado por quase todos, mas nos anos 80 começou a cair em desuso e, com isso, vieram os estereótipos. Hoje a coisa está muito pior!

Gostaria de pedir para que você, homem de verdade, feche os olhos e se lembre de como eram as coisas antigamente. Agora, por favor, olhe à sua volta… O que vê? O mundo está ficando cada vez mais efeminado. Os homens de hoje não são mais machos, como eram os homens de antigamente (salvo raríssimas excessões). Essa moda de ser metrossexual pegou. E pegou feio! Os homens deveriam se orgulhar de poder usar um bigodão que, como já disse antes, é o símbolo-mor do macho de verdade. Infelizmente, não é isso o que vemos. Vemos a molecadinha de hoje raspando seus bigodes, achando feio, querendo se parecer mais e mais com menininhas. A culpa é da mídia atual, que vende para as garotas “homens” como Justin Bieber ou Luan Santana. Menininhos delicados com rostinho de menina são admirados por meninas hoje. E homens que tem rosto de homem, como Arnold Schwarzenegger ou Tom Selleck (que sempre teve orgulho de usar seu bigodão), são vistos com uma certa repulsa. Sim, tudo culpa da mídia moderna, que dita apenas o que é errado.

Assim como um leão, que ganhou da natureza sua juba para se exibir para as fêmeas e impor respeito, o homem ganhou da natureza o privilégio de ter na cara um bigodão estampado para impor respeito e arrancar suspiros das garotas. Mas não é isso que vemos. Parece que a tendência hoje são garotos magrelos, com traços delicados e rosto limpinho como o de uma moça, que tem como única preocupação passar gel no cabelo. O mundo está ficando afeminado, infelizmente. Olhem só essa viadagem postada por um bibinha garoto de 13 anos no Yahoo! Respostas:

“Bom, eu tenho 13 anos e é nessa idade que o bigode começa a crescer. Eu já raspei umas 9 vezes o bigode, eu raspo de uns 5 em 5 dias pra nunca aparecer, só q to lendo umas coisas e to me arrependendo de eu usar a gillette. Apesar de eu ter já raspado umas 9 vezes, se eu começar a usar cera ou pinça agora, meu bigode ficará grosso ou enfraquecerá? Obrigado.

OBS: Sem piadas ridiculas machistas que ter bigode é coisa de homem, ****-se, pq eu ODEIO bigode

Ah, esqueci de falar, eu me arrependi de gillette, pq ela deixa o pelo mais grosso, aí quando eu for maior, ficará o horrível, vai parecer um cactus na minha cara”

E essa pergunta do travinha não é a pior, não. Veja essa, também enviada ao Yahoo! Respostas, de um moçoila rapaz de 21 anos:

“Tenho 21 anos e não gosto do meu bigode. Existe algum método a curto ou a longo prazo que elimina o bigode?

Meu bigode nasceu muito cedo, e hoje em dia esta muito grosso e isso encomoda, raspo um dia e no outro, lá esta ele denovo. E o pior de tudo que não da para raspar todos os dias, senão irrita a pele, daí tenho que raspar a cada 3 ou 4 dias, então fica aquela coisa horrivel. Me ajudem… Help me.”

Esse aí está é querendo arrumar um jeito de eliminar pra sempre o bigode da cara… Como esta pergunta já foi dada como respondida e não pude publicar uma resposta pra ele, vou aproveitar e dar a dica aqui, caso ele venha a ler, algum dia, este blog (apesar de ser improvável isso. É mais possível que, neste exato momento, ele esteja ocupado demais criando cartazes para alguma marcha feminista): “Já que quer sumir com seu bigode, passe no SUS que já ganhará o pacote completo e grátis para mudar de sexo de uma vez por todas!”

Os anos dourados em que o bigode era um símbolo de ostentação e prosperidade acabaram sendo sobrepujados pela androgenia da moda dos dias atuais, onde até mesmo os padrões femininos de beleza são ditados por “homens” delicados que, na maioria das vezes, “nem gostam da fruta”.

Para terminar o artigo, deixo uma singela homenagem aos grandes homens de verdade do passado, que não teriam conseguido alcançar o status que tem até hoje sem seus majestos bigodes:

Tom Selleck:

O bigodudo da foto do ínicio do post é lembrado pela sua atuação no seriado Magnum P.I., onde interpreta um detetive havaiano. Em 1998, foi eleito como uma das 50 pessoas mais bonitas pela revista People, mostrando ao mundo que um bigodão, além de tornar um homem mais homem, também pode torná-lo mais bonito.

Seu Madruga:

Ramón Valdez, lendário ator que interpretava o Seu Madruga, continua fazendo sucesso e vive eternamente na memória e no coração de seus fãs com sua camisa desbotada que um dia foi preta, suas calças jeans batidas, sua tatuagem que mais parece um borrão e seu glorioso bigode. Chaves nunca teria sido o sucesso que foi sem a ilustre presença de Seu Madruga e seu bigodão responsa. Veio a falecer em 1988 devido a um câncer pulmonar, que dizem ter sido causado por fumo excessivo. Após sua morte, tentaram usar a avó de Chiquinha em seu lugar, o que acabou sendo um fracasso, pois Seu Madruga é insubstituível. Sua ausência acabou levando o grupo a se dispersar para focar em suas carreiras solo. Ainda hoje, o personagem de Ramón Valdez é homenageado em diversos sites, blogs e comunidades de Orkut e Facebook.

Ed Corney:

Uma lenda viva do fisiculturismo. Ed Corney nasceu em 1933, tendo hoje 81 anos (14 anos mais velho que Arnold Schwarzenegger). Competiu na maior competição de fisiculturismo da História, o Mr. Olympia, tendo competido na época do Arnold e aparecido no documentário Pump Iron.

É conhecido até hoje como o maior posador da história do fisiculturismo. Ao contrário de outros fisiculturistas da época (incluindo Arnold), que resolveram se aposentar, Ed Corney, mesmo em idade avançada, continuou competindo, tendo inclusive vencido o Masters Olympia (categoria para competidores com mais de 60 anos).

Mesmo com idade avançada, continua com o corpo de um fisiculturista e treinando. Coisa que nem mesmo os melhores fisiculturistas do passado seguem fazendo. A juventude e os anos 70 passaram, mas Ed Corney continua com um corpo forte de fisiculturista, mesmo em idade avançada, e, mais importante ainda, continua seguindo firme e forte com seu bigodão majestoso! Será esse o segredo de seu sucesso?

Hulk Hogan:

Conhecido por muitos e, tendo conseguido o recorde de lotação em uma de suas lutas (superior aos recordes de público fechado conseguidos pelo Papa e pela banda Rolling Stones), Hulk Hogan  revolucionou e levou a Luta Livre a um novo patamar. É considerado o wrestler mais carismático que já existiu. Agora, dê uma olhada em seu bigodão! Você acha que ele teria conseguido alcançar tudo isso se tivesse uma carinha pelada de bebê? É claro que não! Seu enorme bigode descolorido é, com certeza, o segredo de seu sucesso!

Scatman John:

John Paul Larkin, mais conhecido como Scatman John, iniciou a carreira como músico de Jazz (estilo que sempre amou) e revolucionou a música ao criar uma fusão única de Scat Singing e Techno. Ficou mundialmente famoso com os hits Scatman (Ski Ba Bop Ba Dop Bop) e Scatman’s World.

Além de excelente músico, Scatman John era um pacifista que escrevia músicas sobre um mundo melhor e, com suas letras, tentava ajudar as pessoas. Scatman John era gago e, por esse motivo, escreveu seu hit Scatman para ajudar as pessoas que sofriam de gagueira.

Faleceu no dia 3 de dezembro de 1999, devido a um câncer pulmonar, deixando em muitos a saudade. Scatman John sempre viverá no coração e na memória de todos seus fãs, com suas excelentes músicas e seu estiloso bigodão.

Tião Carreiro:

Um mestre! Uma lenda! Tião Carreiro, a garganta de ouro do Brasil, foi o maior cantor brasileiro da música sertaneja de raiz (que nada tinha a ver com a boiolice conhecida hoje por sertanejo universitário). Muitas duplas foram, e ainda são, influenciadas pela sua música. Com seu bigode e seu companheiro, Pardinho, fez sucesso estrondoso e ainda foi o inventor do Pagode (não confundir com pagode de samba).

Faleceu em 1993, devido a um problema nos rins, deixando a saudade no coração de muitos violeiros e bigodudos do Brasil inteiro. Sua discografia completa chega a somar mais de 45 discos.

Mazzaropi:

O maior gênio do cinema brasileiro! Amácio Mazzaropi nasceu em 1912, em São Paulo. Foi ator e cineasta. Ainda criança, era um dos melhores alunos, conhecido pela facilidade em decorar poesias. Numa época em que o Brasil produzia bons filmes (não esse lixo de hoje que só tem pornochanchada, gayzismo, incentivo à promiscuidade e exaltação à vagabundo, traficante, favela e esquerdismo), brindou o cinema brasileiro com excelentes trabalhos como: Jeca Tatu, Sai da Frente, O Jeca Macumbeiro, Candinho, Um Fofoqueiro no Céu, O Corintiano, Nadando em Dinheiro, Meu Japão Brasileiro e vários outros…

Com seu bigodão nervoso, não apenas impunha respeito como também colocava um sorriso no rosto de seus fãs. Infelizmente, faleceu em 1981, deixando saudades nos poucos brasileiros que sabem apreciar um bom filme.

Seinfeld de Bigode:

Até mesmo Jerry Seinfeld e George Constanza já usaram um bigodão. A melhor série de comédia do mundo brindou os bigodudos com um episódio onde Jerry e George resolvem usar bigode. Como ensinou George Constanza, usar um bigode é como tirar férias de si mesmo.

Comente usando seu Facebook

Sobre Lawlyet Leonardo

Avatar de Lawlyet Leonardo
Criador do Instituto Shibumi e do Shibumi Lifestyle. É católico, conservador, shibumista, usuário de Linux e Software Livre e um grande fã de G.K. Chesterton.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>